sábado

(des) cruzo-me de mim

por um momento pensei que o tempo não me chegaria 
cruzei-me em mim
(des)cruzei-me pela vida 
cruzei o tempo que já não tinha 
deixando-me assim pensaste parar o tempo
cruzando as pernas fiquei cheia de vida por fazer 
vivendo um momento qualquer que o tempo me deixe viver 
deixaste que o tempo pudesse morrer em mim
fechei o tempo
cruzei as pernas
tenho frio... 

assim fiquei trocando um momento pelo resto do meu tempo 
------------------------------------------------
deixando-me cruzada 
por ti 

penso descruzar-me num infinito pardacento
sem tempo nem momentos de mim
(des)cruzo-me pela vida 
em que não reparo
cruzo-me de mim de joelhos estropiados de pernas inertes 
de tempo infindável de momentos não escolhidos

de vida por viver
revivo o momento

reinvento o movimento 
(des) cruzo-me de mim 


Teresa Maria Queiroz / 6,Agosto 2010
foto Amadeu Brigas 


14 comentários:

Leonardo B. disse...

[todo o corpo é essência e elemento para um traço ou palavra cruzada... nunca uma só presença, múltiplas as ausências]

um imenso abraço, Teresa

Leonardo B.

Bípede Falante disse...

Teresa, descruzar-se de si é uma imagem incrível!!!!! Altamente simbólica.

continuando assim... disse...

beijo e obrigada

de scruzando.me para vós

Francisco Vieira disse...

Muito bem dito, Teresa!

Bom Domingo! Uma beijoca

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Não é bom ficar sempre na mesma posição. Um des-cruzar é sempre bom !

Bom Domingo
Beijinhos
verdinha

Vitor disse...

Muito bom,muito bom mesmo este descruzar-se...!!!

Bj*

AVOGI disse...

cruzar ou descruzar eis a questão. eu fico-me assim exactamente como estou num cruzar e descruzar sem fim. kis
boa semana de ferias ou de trabalho.

Rita disse...

Muito bom mesmo, gostei do cuzar e descruzar ;)

Há.dias.assim disse...

E quando decidires descruzar-te encontrarás um outro caminho, cheio de promessas de felicidade e de maus momentos, a isto se chama vida!

Leca disse...

Tom Waits...
tem uma voz...
bela...
que é o próprio...pedido...
e escutando essa música...
percebi...
como me cruzo...
como me descruzo...
de mim mesma...

Beijos
Leca

Hellag disse...

magnifico texto...descruzei-me de mim...adorei

Malu disse...

Minha querida, adorei este teu cruzar e (des) cruzar...
Um desbobramento de ti em perfeição.
Beijinhos

Yiskay disse...

fantástico!

Morgana disse...

adoro tom waits :)
Boa escolha!!