sexta-feira

Não perturbes os sonhos



Assim por ali ou por aqui
Duma maneira ou doutra qualquer
Assim.. por ali , podes ir por ali !
Cruzas-te de certeza
Adormeces 
Espera…não cais , segura-te 
Não perturbes os sonhos ...
Empurras, encostas-te !
Assim por ali ou por aqui
Pulas traços , refazes figuras já gastas
Descoloras o preto
Passeias-te em azul
Com cuidado
Acorda 
Não adormeças 
Podes ir !
Não grites …não acordes nada nem ninguém
Duma ou doutra maneira qualquer
Não te prendas em teias
Não te encaixes em já encaixes feitos !
Por ali
Ou mesmo por aqui
Pisa caminhos  
Escorrega em cordas esticadas
Tensas … seguras…
Não faças barulho !
Não grites !
Não perturbes os sonhos …
Não te encaixes …
Acorda! 

Teresa Maria Queiroz / Maio 2011
Quadro/ Horácio Queiroz 




7 comentários:

Observador disse...

Great work!

Bela música.

Leonardo B. disse...

[ao acordar o mundo, ao acordar o pouco todo em nós, há que haver cuidado, dia sussurrado]

um imenso abraço, Teresa

Leonardo B.

Malu disse...

Sim, Teresa, os sonhos nos são sagrados e têm que ser respeitados...
Belo o teu poema e a canção também...
Abraços

mfc disse...

Mas eu quero continuar a sonhar!
Não me acordem...!

Sonhos & melodias disse...

Maravilha! Cada vez que passo por aqui saio com o coração leve e risonho. Tuas palavras são como bálsamo para a alma poeta que não sou. Como não tenho o dom de escrever assim, dou-me o prazer de sentí-las. Obrigada Teresa.
Bjs

Mar Arável disse...

Um desafio à leitura

Nilson Barcelli disse...

Um poema muito bem construído.
O resultado é excelente.
Teresa, tem um bom fim de semana.
Beijos.