segunda-feira

Ainda com a tua suavidade na ponta dos meus dedos, toco-te... Tocas-me.



Recordando a tua suavidade na ponta dos meus dedos, toco as tuas teclas...
Pensando a tua pauta, penso a tua música.
E ainda com a tua suavidade na ponta dos meus dedos, lembro-me ao que soavas e tento reproduzir
não te ouvindo
e...
De memórias me encho em ti.

Com a tua suavidade na ponta dos meus dedos afago um teclado frágil e suave, afago com medo de o romper outra vez
Um teclado ainda vivo. E não sabendo se leio a tua pauta, improviso, recordando-te.
Passando os meus dedos por ti...suavizas-me na tua lembrança, lembro o teu sentir e reinvento a tua música.
Invento o teu soar, e só ensurdecendo-me te consigo escutar.
Passando suavemente os meus dedos nas tuas teclas frágeis e suaves...
Nessas tuas preciosas teclas, que soam a uma música que não me soava , hoje pensei ouvir-la, lida na tua pauta escondida...

Numa pauta inacabada por nós.
Lembro-me ao que soavas, lembro a suavidade das tuas teclas que anseio voltar a tocar.
Essas teclas dum piano com um som, que só imagino...
E ainda com a tua suavidade na ponta dos meus dedos, recordando-te toco-te.
Envelhecendo-me como essas vivas e gastas teclas, suaviza-me o teu tocar que não ouvi, quando tocavas para mim…

Suaviza-me o toque que hoje sinto
Ainda com a tua suavidade na ponta dos meus dedos, toco-te...
Tocas-me.

para ti... que ainda aí estás 







11 comentários:

AnaMar (pseudónimo) disse...

Se soubesses como me tocou este texto;
Se soubesses como sei a musica sem ter que ler a pauta;
como o som do piano ecoa em mim, como se o concerto ainda não tivesse terminado;
Se soubesses o que sinto quando ele me diz :"musica à flor da pele pelos teus dedos tocada"...
...Talvez acreditasses que o amor não termina com uma musica e que ás memórias, mesmo que doces, nos fazem parar no tempo, impedindo um novo toque, de outros dedos.

Um FUNtabulástico 2010.
Com muita alegria.
2010 beijos.

Aleph disse...

Tão bonito.
Alguém merece coisa tão bonita?
Na ponta dos teus dedos, a resposta.
Beijo.
J.

Marquês de Sade disse...

Adorei!
Bjinho

Teté disse...

Há músicas que se ouvem exaustivamente, sem nunca cansar... :)

Beijocas!

milhita disse...

Há textos que me entram como musica.
Gostei muito
Bom ano!!!

Nilson Barcelli disse...

Não sei o que se passa contigo, mas tenho notado que a tua escrita oscila entre o assim-assim e o excelente.
Este texto corresponde ao nível mais alto da escala de valores que eu tenho do que li e me lembro de ti. Parabéns pela qualidade. Gostei imenso.
Boa semana, beijos querida amiga.

Barbara disse...

De beleza - a ponto de comover, não com sentimentalismos mas com um tipo outro de sentimento.
Obrigada por isso.

Catsone disse...

Falavas de um piano, imaginei outra coisa...
;)
Muito bom.

Francisco Vieira disse...

Lindo! Gosto quando escreves assim :-)
Boa noite, uma beijoca e boa semana.

continuando assim... disse...

beijos a todos !!

Querido Nilson
parece que só me sai bem quando é vísceral :) --- é isso
beijo

A Senhora disse...

Sensualíssimo! Lindo!