sexta-feira

Comfortably Numb...







Existem pessoas, que fazem questão de não se  amarem, e de nunca quererem  ser lembradas, por ninguém. 
E numa atitude emotiva , irracional e esquizofrénica, vivem a sua vida profundamente infelizes, por se sentirem imensamente esquecidas




 Há pessoas assim






5 comentários:

O LOBO de....POTT disse...

Sou pouco sociável.O maior desgosto que me podem causar é apresentarem-me a alguem.Mas sofro na minha solidão...
Portanto, vou "continuando assim"

BJ

Rosie Dunne disse...

há e não sao poucas. eu por vezes também tenho os meus momentos assim, mas recomponho-me logo de seguida...

Luz disse...

Olá Teresa,
Há de facto pessoas assim..., mas também as há que não se amam, mas necessitam muito de amar e serem amadas, no entanto, por vezes, acabam por ficar assim mesmo..., continuam a não se amarem, a não se permitirem a amar e a receber o amor..., ou ainda, amam, recebem o amor, mas como estão demasiado feridas pelo que "carregam", acabam por desperdiçar quiçá a maior oportunidade de serem felizes e terem o que tanto desejam - o amar e serem amados.
Há de tudo um pouco, acontece a todos, somos humanos, falíveis, imperfeitos e passamos por momentos complicados na vida que se não nos agarrarmos a algo ficaremos eternamente a sofrer com as consequências de um passado que nos fez mal e, deixamos que continue..., nós complicamos tanto e, eu pergunto também porquê e, a mim própria porque não sou excepção, também sofro, mas confesso, gosto de mim, de amar e ser amada, assim como também gosto dos meus momentos de "solidão", há momentos em que necessito de estar comigo mesma, mas sou sociável e, se pensarmos que o ser humano é um ser social devíamos rever bem muitas ideias preconcebidas que todos acabamos por ter e, sabemos que não devemos ter.
E o primeiro passo é libertarmo-nos e começarmos a amar-nos,a gostar de nós próprios, aí penso que pode facilitar alguma coisa, não!?...

Bjo :)

E, essa crise cromática :), olha esta cor também está bem, mas as cores das letras pequenas depois do texto é para ficarmos aflitos dos olhos ;)

Bípede Falante disse...

Gostei muitíssimo das novas cores do blog.
E sobre as pessoas, acho que já não tenho mais paciência para as que não são amadas porque também não amam ninguém. A única lei que realmente conta na vida é a da reciprocidade. Quem não dá, acaba não recebendo. E quem também não sabe receber, acaba um dia não ganhando mais nada.

Miss Complicações disse...

Parece impossivel como há pessoas que têm essa estranha forma de viver... Conheço uma ou duas. Respeito mas não compreendo. Isso é simplesmente renunciar a vida. No entanto, é algo que tenho esperança que mude a qualquer momento. Basta o click!

Beijinhos Teresa