sábado

Assim te moves sedutor...





O ruído da voz que seduz, o odor de paixão envolto em ofuscadas faíscas de sedução.


Caminhas.


Deixas que tropeçem em ti, e acaricías na sombra.


Amas sem saber amar, vives ou pensas viver...com a impressão de impressionares.


Seduzes com abraços quentes, com palavras ditas, e com mãos de mágico...de tão perfeito assustas.


Fascinando...mascarado do que quiseres, adaptado a tudo.


Frágil quando tem que ser, forte para pensares proteger, assim seduzes...sem nunca te deixares ver.


Assim te moves, mascaras-te sem nunca te conheceres, pensando num eu que não és.


Seduzes, envolvido nessa cor que emanas e que brilha só quando queres, deixas que tropecem em ti, ofuscas assim quem tu quiseres.


Assim te moves sedutor...


Com disfarçadas máscaras de amor.


Assim te ouvem num ruído de voz arrasador, assim te beijam com beijos inundados de tanto amor.


Seguro de ti sedutor, inseguro de ti meu amor...


Só assim seguro dum tu, que sabes não ser, assim te movimentas brincando com quem seduzes.


E não amando quem te ama, não beijas quem te beija.


Sem nunca saberes amar...sem nunca te amares a ti...assim, te movimentas, envolto nos raios de luz fosca, com sombras de mistério.


Fascinas quem tropeça em ti...acariciando corpos, procurando almas sedentas de amor.


Insubstituível, te tornas, meu perigoso sedutor.


Sem amar, brincas ao jogo do amor.
Jogando o jogo mais perigoso, sempre sairás vencedor, elevando tudo...um dia partirás sem nada...


Sem o teu amor, partirás...deixando rastos de dor que não sentes.
Sedutor de tudo, nunca te seduzes a ti, sedutor...


Continuas a deixar que tropecem em ti, meu fosco e radioso sedutor, sem amor...


3 comentários:

crida disse...

Que poema lindo, de facto até me fez lembrar alguém, alguém que se envergonha e cora até, quando aparece o inesperado. beijinhos Teresa

O LOBO disse...

Continuando assim, tambem é esse o meu caminho...mas minha amiga,o Amor sem seduçâo-nem que seja uma sedução convencional-é torpe...

O LOBO

AnaMar (pseudónimo) disse...

A seedução é fascinante, mas se não há amor, é por demais redutora, sem significado, uma ilusão para o sedutor, que nem sabe porque seduz...Pura ilusão.

Bj