domingo

e eu sei lá definir a saudade!


e eu sei lá definir a saudade!.......... alguém sabe como a dizer...? alguém sabe como a descrever?
alguém me diz o que a provoca ?
em vez de um ponto. uma vírgula,
....

Saudade alimentada pelo texto que virá a seguir, e como tal, poderá morrer de fome.
Pacientemente espera, nem sabe porquê nem por quem, sempre na esperança de conseguir continuar.

Descrever a saudade ... como aquela vontade de sentir tudo outra vez , sentir todas as emoções de igual forma , mas a saudade não sabe que nunca nada se sente igual.
Que tudo o que saudosamente, e sem saudosismo, é lembrança...do passado... viverá em saudade de odores e visões foscas?
Não sabe, não sabemos...
Não sabe a saudade como se vai alimentar depois da vírgula, que espera por um texto exactamnente igual...que se quer repetir.
Não sabe a saudade que nunca nada será igual ao que já foi....?
Então porque existes saudade?

Se mesmo que esse texto, por escrever ... seja um texto de amor já vivido..nunca será presente .
Por isso vives assim, saudade.... alimentando-te dum passado real , e em vão, esperando uma escrita igual... mesmo depois dessa vírgula ...
Nunca me morres, nem num ponto final.
teresa maria queiroz/ abril 2009 (foto retirada da net..)

escrevi este texto em Abril , hoje li-o e pensei que nao poderia estar mais actual .. tenho saudades das pessoas que mais quero ao pé de mim!!

beijo filhooooooooo :) :) as tuas saudades são boas ....

11 comentários:

milhita disse...

Eu tenho saudades de mim, sabes? sabendo cada pessoa que habita em mim.

Um abraço
muito bonito

as velas ardem ate ao fim disse...

eu tb sento saudades de tanto!

um abraço apertadinho

Graça Pereira disse...

Primeiro obrigada por meteres incluído nos teus blogs preferidos( o teu selo já brilha no meu espaço) depois falar-te deste texto maravilhosamente bem escrito sobre uma palavra que nunca mais acabará por infinitos "pontos finais" que lhe ponhas. Temos saudade da própria saudade, sentida em outras ocasiões, talvez mais felizes...saudade do que fomos e já não somos...ah, minha querida, saudade é...saudade e pronto!!! Beijos e uma boa semana Graça

Teté disse...

Por acaso acho que há saudades boas, daquelas em que sentimos falta de alguém que gostaríamos de ter por perto naquele instante, mas não é possível por estar longe ou indisponível...

Depois há aquelas recordações de momentos felizes, que obviamente não se repetem, mas que de vez em quando, ao vermos uma fotografia, ao pensarmos em alguém, por vezes, apenas ao pegarmos num objecto nos assaltam de supetão! Chamo memórias ou recordações, não "saudade".

E depois há os saudosismos e esses fazem-me mais confusão. Malta que passa a vida a falar dos "bons velhos tempos" (e não, não estou a falar dos que mitificam o velho ditador), porque eram jovens, tinham mais vigor e energia, as preocupações eram poucas ou nenhumas e ainda tinham muitos sonhos na cabeça. Quando essa idade passa, a saúde começa a ser mais frágil e as desilusões se sucedem - nunca decorre tudo como "planeámos" - a par de outras preocupações, pois, repisam até à exaustão que aqueles "tempos é que eram bons". Francamente, tenho pouca pachorra para a conversa destas pessoas, muitos deles idosos (aí até dou algum desconto), mas outros nem tanto assim...

Beijocas, Teresa!

HSLO disse...

Segundo Clarice Lispector:

Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença.Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouca: quer – se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.


Eu adorei o seu texto...abraços


Hugo

Ritinha disse...

segundo me parece, a palavra saudade só existe na lingua portuguesa... de resto costuma utilizar-se o "sentir falta". Mas, na minha opinião a saudade é mt mais do que sentir falta. É algo impossível de descrever de tão forte que é!

beijinho

sonja valentina disse...

saudade... esse sentimento meio misterioso. é curioso o meu sentir em relação às saudades... sei que as tive no dia do reencontro. sei que as tenho quando relembro os sorrisos e cheiros de quem já não está presente. podem "matar" às vezes. outras obrigam-me a ser forte e a não desiludir quem sempre acreditou em mim.
... acabaram de se instalar, as saudades... e (hoje) deixam-me de sorriso na cara!
obrigada pelo seu texto e por me fazer recordar com saudade!
beijinho.

Zélia Nicolodi disse...

_________________________________________


...só sentimos saudades, daquilo que foi muito bom! Então, feliz aquele que possui esse sentimento...


Gostei do seu poema!

Beijos de luz e o meu carinho...

______________________________________________

Psiuuuu!!Sou eu! disse...

Houve uma frase que um dia encontrei e posso dizer que para mim é o que melhor define:
"Saudade é a presença da ausência"!
Curtinha mas acho que diz tudo...
Bjito

Santo&Pecador disse...

"A saudade não significa que estamos longe, mas sim que um dia já estivemos juntos"

Parabens pelo blog...e pela escrita...:)
Felicidades!

Santo&Pecador disse...

"A saudade não significa que estamos longe, mas sim que um dia já estivemos juntos"

Parabens pelo blog...e pela escrita...:)
Felicidades!