quarta-feira

veleiros


sms:

está na hora de deixar o meu veleiro zarpar.
sem motor... sem esforço e ao sabor do vento...
Como nem o leme sei comandar, deixo-o ir assim, à toa...
quando vires um veleiro à deriva, posso ser eu :)
Se te apetecer segurar as velas e por aquilo direito...
podes vir :)... senão... deixa-o andar por aí, até encalhar ou mesmo naufragar.. ou até o vento o levar para onde quiser.
- porque a tua biquix não sabe nem nunca soube velejar...
só aprendeu a segurar em âncoras e cordas...

um beijo meu


3 comentários:

greentea disse...

pois ... não há nada como ser livre !
nunca gostei de amarras nem cordas nem grades nem anilhas nos dedos ...

veleja bem !!

Rafeiro Perfumado disse...

Cuidado é com os recifes do caminho!

Maria, Simplesmente disse...

Gosto do seu blog Teresa e... continuando assim... virei cá muitas vezes.
É bom "ir assim à toa..." mas conscientemente.
Beijos Teresa