segunda-feira

cigarros


já apago este , e daqui nada acendo outro ...


porque:


...os cigarros apagados não apagam o fumo neles pensado...


espera! .... lembrei-me ....

"dás-me um cigarro?"
"sim ... e queres que te faça um nescafé?"
"quero ... mas dá-me um cigarro dos meus que estão na sala , não quero dos teus. Eu deixei um maço de malboro na sala ontem antes de me deitar ..."
"está bem ... eu vou.."


lembro-me de ti

8 comentários:

Maria, Simplesmente disse...

Fomei durante 32 anos um maço por dia, apesar daqueles que gostsvam de mim tanto me pedir para não o fazer.
Sem nada que me ajudasse a esquecer o tabaco, pelo contrário, com muitos problemas à minha volta, dum dia para o outro deixei de fumar, já lá vão oito anos!
Hoje penso como foram em muitos aspectos inuteis aqueles cigarros e mais ainda os momentos que perdi a fumá-los!
Não posso voltar a trás para aproveitar aquele tempo e isso é que me doi.
Abraço
Maria

O Profeta disse...

O desejo mora no limite da razão
Há tanto de intemporal em ti
Solta a palavra em lábios inquietos
As cores do teu “eu” penso que não vi

Imaginei-as mil vezes
Ouro de lei, a limpidez dos diamantes
O pensamento é cavalo errante
Feito na viagem de breves instantes


Boa semana


Mágico beijo

Ana Paula disse...

:) Vamos fumando a vida... quando fumar é um prazer.

Olá! Um beijinho.

Pulha Garcia disse...

O cigarro é por definição uma oportunidade para pensar na vida...

PAS[Ç]SOS disse...

O fumo que não se dissipa nos lugares por onde passámos e que deixam as marcas no leito de onde precisamos nos levantar.

Mikas disse...

Eu dispenso ;-) hehe beijokas

simplesmenteeu disse...

O olhar sempre gosta de se perder no desenho que o fumo deixa no ar. Enquanto isso, o pensamento solta-se e busca novos caminhos e tonalidades raras.

Um beijo

as velas ardem ate ao fim disse...

Fumando os dias!

um bjo Teresa