sábado

e-mails...tal como vos prometi, partilho convosco ..... Só para acabar com a saga da editora!




Olá, Teresa,

tudo bem?
tenho uma coisa triste para partilhar contigo...
quando fui ao lançamento do teu Livro com a  xxxx  reparámos que havia algumas falhazitas na paginação do teu livro
e a letrinha era tão miudinha!!! Custava mesmo a ler...

mas não quisemos dizer nada para não ficares triste
depois, com tempo, verificámos logo que além dessas "distracções do editor"

tinha erros graves de ortografia !

até cheguei a pensar que era eu que estava a ser "demasiado rigorosa"
ou demasiado exigente, porque se calhar era "deformação profissional"
e ninguém mais iria reparar...

depois, toda orgulhosa do teu feito de escrita
emprestei o livro
devolveram-me com folhas soltas
pensei que se calhar tinha sido descuido do leitor ao manusear o livro...

a xxx , entretanto, contou-me que se tinha passado o mesmo com ela

ou seja...
é para ler uma vez, com lupa, sem ligar aos erros e gralhas -  e com muito cuidadinho!!!!!!

é pena, porque quando compramos um livro pensamos que vai durar algum tempo nas nossas mãos...
por isso não se vendem livros nas "lojas dos chineses"
tudo o que se compra lá, em principio não irá durar - já sabemos isso de antemão...
por isso custam o que custam...pouco...

e o teu livro não custou assim tão pouco...
e é um livro!!!
que por principio deveríamos poder abrir, folhear, usufruir da leitura,
sem "binóculos", gralhas em cima de gralhas, agrafos nas páginas ou ir ao dicionário para conferir se é mesmo MAIS UM erro
ou se o novo acordo ortográfico por acaso é assim mesmo...................

enfim...o pior é que nem vale a pena comprar um novo livro, porque sendo todos da mesma tiragem, todos estão "avariados" da mesma maneira
afectados da mesma maleita...
e isso prejudica a leitura
não se retira do texto o mesmo prazer, porque parece um jogo de encontrar defeitos em cada página...
porque quase todas as páginas têm "defeito"
torna-se irritante...

olha que até tive vergonha de ter dito que tinha lido o livro contigo antes de ter ido para publicação
e que tínhamos feito algumas correcções ortográficas e de pontuação!!!!!...
ainda bem que o meu nome não aparece, senão seria uma péssima publicidade como revisora...
nunca mais arranjava trabalho.......

quanto a ti...acho que o prejuízo ainda é maior
porque como autora
é difícil acreditar que aquele seja o teu Português...
e mesmo que fosse, que ninguém soubesse melhor para o corrigir.......

não te faz justiça a quantidade de erros de impressão/ ortográficos,
que de resto hoje em dia nem se justificam!!!
porque o computador detecta-os!!!
Quase nem é preciso SABER Português para fazer uma revisão de texto...
...no caso, parece-me que houve MESMO MUITA distracção...
só encontro como explicação que o profissional que ordenou as letrinhas para irem para impressão estava tão entusiasmado com a leitura das tuas palavras que se confundiu todo.............

mas de facto o resultado não te faz justiça...
e mesmo que estivesse impecável... 
seria uma lástima o livro desfazer-se nas mãos numa segunda leitura...

como naquele filme em que a mensagem vem numa diskette que se vai auto-degradar em segundos.........
é um conceito até interessante, mas não me parece que fosse essa a intenção...................
Não fiques triste porque EU SEI que fizeste MELHOR do que ali está reflectido
e que SABES MAIS do que ali pareces saber
e a história é MUITO gira, apesar de ser prejudicada pelos erros e pelas folhas a cair....

Continuando assim...vou arrancar as folhas que sobram ao livro, furar tudo, e pôr num pequeno dossier de argolas...
ou melhor...manda-me a versão original, em Word, que está melhorzinha...........................................................

BEIJO GRANDE
Xxxxxxx
----------------------------------------------------------------------------------------

Querida Teresa,

Parabéns pela tua obra! Fiquei sensibilizado quando percebi que tudo o que ela contém não é
produto de ficção mas da tua vivência, o que para quem te conhece é duma sublime sensibilidade.
Adorei reconhecer-te impressa em papel!

Desculpa-me só agora comentar o teu livro. Há bastante tempo que ando também para te dizer
que é de lamentar as inúmeras gralhas, quase em 50% do texto e da péssima qualidade de encadernação.

Quem ficar seduzido numa primeira abordagem e adquirir o livro, vai posteriormente sentir-se defraudado,
o que para ti como autora que publica a sua primeira obra é, nos dias que correm, desastroso.

Como sabes, com a minha vasta experiência em edição, posso-te dizer-te que não se entende que hoje em dia
com tanta oferta e com tanto profissional com experiência haja ainda editoras que não tenham o mínimo
de rigor e escrúpulos nas suas opções de produção.

Neste casamento infeliz de autora / editora acho que saíste a perder e aconselho-te a fazeres alguma coisa
no sentido de reparares o teu investimento criativo junto dum público exigente.

Beijinhos
Xxxxxx


Teresinha

Tenho estado a "digerir" a tua obra... agora gostava de te dizer que a li com interesse literário. gosto da sua emoção/ sem querer ser... aquelas "vidas todas" na mesma personagem agradou-me imenso. é de leitura simples e cativante. Como deves calcular para mim aquilo é tudo inventado, eu não sei nada da Tua história e isso é mais interessante do ponto de vista do leitor quanto a mim.
o que achei imperdoável, da parte da editora, foi não ter havido revisão de texto (provavelmente no próximo isso já não vai acontecer) é que é fatal para uma obra lançada à critica imperdoável.
tenho uma proposta: se quiseres podemos ajudar-nos mutuamente na revisão (questionar opções, de linguagem, formais, por aí fora...)
topas?
por outro lado tens muito próximo de ti o Mestre ( o xxxxxx) - é sempre preciosa a sua análise.
desculpa o meu descaramento, é porque gosto de ti e somos amigos/família há trinta anos.
continuando assim...
beijo

Xxxxxxxx
-------------------------------------------------------------------------------------
---------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
Olá Teresa

Acabei o teu livro. Gostei muito, parabéns!
Que história incrível, só mesmo na ficção é possível...
Só é pena a edição ter sido tão pouco cuidada. De facto para além das muitas gralhas, incluindo um título de capítulo no fim da ... Página anterior!!!, o livro está-se a desconjuntar todo. Merecia mais um pouco de atenção. Talvez para a próxima...

Beijinhos e até breve
Xxxxxxxxxxxxx

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
  
Cara Teresa,
 Li o livro.
Gostei do desenvolvimento e das ideias. É pena a quantidade de gralhas e outros erros de edição que tornam a leitura difícil e penosa.

Um beijinho,
Xxxxxxxxxxxx

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Olá Teresa,

Envio-te este e-mail para te dar os parabéns pelo livro "Continuando Assim". Ao ler, parece que estamos a ver um filme onde reconhecemos muita coisa, onde muita coisa nos parece familiar.
Não queria deixar de te apontar apenas uma grande falha no teu livro, embora a culpa não seja tua, mas, no que toca à edição, o livro está muito à quem da qualidade da escritora.
Falha esta, tanto na redacção, onde se vão encontrando inúmeras gralhas ao longo de todo livro, como também ao nível da encadernação, pois o livro vai-se desfazendo muito rapidamente e já está aos bocados.

Beijinhos
xxxxx
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Olá Teresinha!

Como estás na tua nova morada? Foi com muito interesse que li o teu livro, mas como já falámos, é pena que este tivesse sido publicado com tantas gralhas. Parece que ouve da parte de quem teve a responsabilidade de edição uma grande falta de profissionalismo e desrespeito pelo teu trabalho.
Espero poder rever-nos em breve. Um beijinho muito grande para ti e um grande abraço para o XXX . Até breve.

xxxxx
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Olá Teresa,

 Li o teu Livro e verifiquei que existem muitas gralhas no mesmo.
Inclusive verifiquei que existe um capítulo que começa numa página e o título do mesmo está na página anterior. É uma vergonha editarem livros com estas gralhas.

Bjinhos
Xxxxx

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Teresa

Acabei de ler o teu livro o qual gostei muito. Penso que é um “olhar” das “realidades” muito interessante. Gostava no entanto de te chamar à atenção (penso que já reparaste!) que o Livro tem várias gralhas de edição que me parecem graves.

 Vai no entanto em frente que temos “escritora”.

 Bjs Até Breve.

Xxxxx

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 olá minha querida,

Venho-te dar os parabéns pelo teu livro mas ao mesmo tempo alertar-te ( caso n te tenhas apercebido já ) que o mesmo tem algumas gralhas alem de que o próprio encadernamento  esta péssimo, as folhas soltam-se com o manusear, enfim acho que devias tratar disso com a editora porque realmente e uma pena.
Beijo, fica bem
Xxxxx

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
  Boa tarde,

Para seu conhecimento venho comunicar-lhe que o livro além de gralhas e se desfez todo. Tendo agora somente um amontoado de folhas soltas.
 Cump.
Xxxxx

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Cara  Teresa ,  
No dia do lançamento do meu livro , os convidados eram meus se descontarmos , evidentemente os familiares  de um dos editores .  Não tenho razões de queixa dos editores  como a Teresa , sei apenas que não é bom para a editora o que lhe aconteceu . E o mais estranho  é a não assunção de responsabilidades .  Quanto à informação sobre as vendas   deve estar no contrato , eu   fui informado em   Junho ...
 Escreva  muito , não conheço o seu trabalho , mas conto  fazê-lo brevemente .
 Espero que finalmente o problema seja resolvido .
 E não espere muito das editoras, destas ou de qualquer uma .
Digo-lhe o que disse Maria Ondina Braga um dia :
_são todos uns gangsters .
 È preciso escrever muito e ser bastante conhecido  para impor algum respeito , isto não quer dizer nos verguemos . Fique bem !
 cordialmente
xxxxxx


----------------------------------------------------------------------------------------------------------

tal como prometido partilho estes e-mails,  que me foram enviados , por variadíssimas pessoas ...  as identidades dos remetentes , e nomes referidos nos mesmos,  foram preservados por mim . 
Só para acabar com a saga da editora, que de repente se remeteu ao silêncio absoluto ... mas parece que ainda existem, pelo menos consta, que editam quase um livro por semana !! 


apre que me agonia ...a pirosada editorial....e caí nela de chapão!!!


isto só lá vai com Tony Carreira !! lool 





33 comentários:

b disse...

Não há um contrato de partes?
Ou não pode entrar na justiça para receber indenização ou algo do tipo?
As pessoas não podem sair ilesas assim de um ato de má fé.
Parece até que está num país que conheço...

Tinkerbell disse...

lol os emails estão d+! hehe é preciso ter paciência p/ editoras ;)

continuando assim... disse...

b ... à contrato sim ... da minha parte , falta pagar ...o que falta, o que só farei depois de tudo resolvido, da parte deles ....pois está à vista , o magnífico trabalho .

Ritinha disse...

oh pah isso das falhas no livro é um bocadinho triste mas estou cheia de curiosidade para deitar as mãos no seu livro :D

beijinho

HSLO disse...

Muito boa postagem. Desculpa pela ausência...mais estou de volta.
Abraços


Hugo

continuando assim... disse...

loool ritinha contacta-me por e-mail :)

bj
teresa

Anónimo disse...

Gostei de ler TUDO! Mas quem és tu? A C. Deneuve? Quem é a Teresinha? Curioso, Raúl.

T disse...

Bolas... Realmente é uma chatice. Como leitor, já tive livros a desintegrarem-se nas minhas mãos, e andavam a ler a contra-relógio antes que se desfizesse tudo.
E pouca coisa irrita mais do que erros ortográficos.

Mais sorte para a próxima.

Paulo Monteiro disse...

Mas o que é que eu tenho estado a ler? Publicidade inteligente, uma história triste, a felicidade de obter respostas das editoras, apesar de não serem as mais felizes? Sinceramente, ou ainda estou a dormir e não percebi, ou então está excelente a tua manobra de publicidade! Parabéns, por uma coisa, ou por outra, mas valeu a pena!
Paulo

Rosie disse...

bem, isso é muito chato, termos um livro bom nas nossas mãos e a editora fazer o que fez com ele... :S

Kim disse...

Olá Teresa
Cheguei num momento conturbado, mas entendo a desilusão e expectativa gorada.
Resta-me a curiosidade de vir a descobrir os teus "sonhos de menina".
Às vezes - a gente precisa de cair para se levantar!
Beijinho

João disse...

É pena que em Portugal as coisas sejam assim. As pessoas como esta autora esforçam-se, e como tal, querem ver o seu trabalho visto e apreciado, mas como pode isso acontecer, com estas condições?
Boa sorte!

Catsone disse...

Pôssas, e não podes fazer nada a respeito dessa suposta editora? (Se calhar até fizeste, mas sabes, sou novito aqui neste estaminé :D )
É triste quando pomos a alma numa obra e ela é exorcizada por editores Karambas!
bj

Fernando Veloso disse...

Olá Teresa, realmente é uma pena mas serve de lição a quem como eu deseja editar um livro nos próximos dois anos. Votos de sucesso para 2010 - noutra editora, de preferência.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Infelizmente há editoras que destroem livros e autores. Já agora, posso saber qual é?

Bípede Falante disse...

Teresa, não consigo imaginar o tamanho da sua decepção. Um livro é um filho. E o seu foi tão ultrajado.

Sonhadoremfulltime disse...

Boa noite teresa,
os mails recebidos são elucidativos.
Como te disse anteriormente tive o mesmo problema.
Mas este não é o pribcipal problema dos "escritores sem nome".
Dexo aqui um testemunho que li e que nos faz pensar o país em que vivemos.

"Escritores à procura de futuro

Eles escrevem para a gaveta. Para já. São os escritores que esperam a oportunidade de publicar os seus livros.

Para além de escritor, Jorge Reis-Sá é editor. Longe de ser um desconhecido para os apreciadores de literatura e de poesia, em particular, o homem forte da Quasi pensa que, se é difícil publicar um primeiro livro, isso “tem muito a ver com a própria qualidade dos textos”. O JPN falou com dois jovens autores, um editor e dois autores consagrados para compreender como é publicar o primeiro livro.

O editor refere que “há muita gente a escrever e pouca gente a ler. As pessoas escrevem, escrevem mas não lêem o que os outros publicam”. Aceita a ideia de que “um editor tem que apostar em nomes se quer vender livros” e acrescenta que publicou o "weblog" de Rita Ferro Rodrigues por ele ser da autoria da jornalista. Reis-Sá diz que acredita “no 'blog' da Rita enquanto texto literário”, mas admite que “se se tratasse do 'blog' do 'Josezinho', é claro que não editaria”.

Publicado Jornal digital da Licenciatura em Ciências da Comunicação.



Palavras para quê ;)

Beijo

PB disse...

Tony Carreira é que não, Teresa!!! ;)
Beijinhos

Teresa disse...

Olá outra vez Teresa
Pois é, isto de escrever para a gaveta é um problema. As editoras não apostam em gente nova e, verdadeiramente, lê-se pouco e mal em Portugal.
Não vale desanimar!
Bjs

mfc disse...

Chiça.... isto é um pesadelo!
A princípio julguei que fosse um post para nos surpreender com algo inesperado!
O certo é que nada houve de inesperado... e no entanto surpreendeu!

Que desgosto!
Toma um abraço.

Isabel Bonari disse...

Olá Teresa:
Recebi o seu e-mail. Li os comentários aqui expostos, e tenho doios reparos a fazer: teriam mais credibilidade se o nome dos seus autores aparecessem. E era conveniente desmascarar a editora (que agora já sei qual é). Ainda bem que descobri, para não ir lá ter desprevenida. É preciso denunciar estas coisas com todas as letras, para não haver abusos. E abusos é o que mais há, e péssimo serviço é o que a maioria das editoras oferecem. E leitores há muitos, como os chapéus do outro, porém, leitores para as coisas pirosas que os editores acham que dão dinheiro. Eles têm o queijo e a faca na mão. Por isso, há que combater a pirosice desses editores, denunciando os seus maus serviços.

continuando assim... disse...

è verdade Kim ... precisamos mesmo :) bj

continuando assim... disse...

mfc... esse é o encanto loool
beijo

continuando assim... disse...

PB ... pois é ...mas depois desta "novela mexicana" e da pimbalheira que vi editado ... recentemente ,,, so me apeteceu ouvir toni carreira loool

bj

continuando assim... disse...

sonhador ... já tive propostas de edição da quasi.... não diferem muito das outras ...todas me pediram dinheiro


:) :)

bj

continuando assim... disse...

Paulo Monteiro...bem vindo :) pois será isso tudo ... menos manobra de publicidade... não creio que para publicidade seja esta a melhor forma, unicamente mostrar o meu desagrado , e com isto alertar outras pessoas , e quiça.... que a editora melhor os seus métodos de actuação para futuras edições :)

bj

Inês Dunas disse...

Ola Teresa, lamento que esteja a passar por esta situação...
É de facto revoltante, mas a verdade é que tem o seu primeiro livro publicado, é sempre uma conquista (ok, podia ter corrido francamente melhor...) E tb ganhou experiência e "calo" para a publicação do proximo (q correrá francamente melhor!)
Venho deixar-lhe um beijinho de coragem e alento!

Luz disse...

Olá Teresa,
isto é que foi uma saga e, uma pimbalheira como dizes! As editoras hoje quando apanham novos autores estão-se nas tintas, não gastam nada ainda cobram e, só fazem um mau trabalho, é o Portugal que temos. Conheço quem tenha abdicado das propostas das nossas editoras e, fosse editar lá fora e, mais barato. Agora tens de passar por cima disto, mas sem abdicares dos teus direitos.

Agora venho oferece-te mais um desafio que é digno do teu espaço, vai a um dos meus espaços, o www.atomovida.blogspot.com e agarra-o se quiseres :)

Bjo e espero que estejas melhor!

continuando assim... disse...

Inês é verdade !!! é assim que vamos aprendendo tudo :) e tudo tem um lado podistivo :) bj

continuando assim... disse...

Ai Luz!! pois é mesmo uma pimbalheira do pior :) :) mas deu para perceber muita coisa neste "misterioso mundo" , de algumas novas editoras :)

bj
teresa

continuando assim... disse...

Isabem Bonnari ...é o que tento fazer !! denunciar o mau eu diria péssimo serviço !

obrigada beijo

continuando assim... disse...

Raul !!! bem vindo ...sou assim , mais ou menos...pois heheheh , est voilá!! Chaterine Deneuve :) c est moi Teresinha ...lool

bj

continuando assim... disse...

Carlos , não é segredo para ninguém :)

bj