quinta-feira

Não chores tu , por favor, porque eu não consigo ver os teus olhos




já vou!!
já saio daqui , já me vou deitar .
Só preciso de te dizer isto, sei que não ouves , mas digo-te à mesma! mas não chores por favor, quando te lembrares de mim ...



eu
sms:
deixaste de ter paciência para mim :( eu acho que te entendo. Mas fico sempre triste.
As mensagens (estas coisas modernas, que nos descaracterizam...) , nunca são a melhor forma de transmitir o que quer que seja (salvo quando não há outra...)... :( . Ficam tão aquém daquilo que é suposto ser transmitido, daquilo que se quer dizer quando se quer ser ouvido.. .
espero desta vez ter escrito tudo
direitinho :)
um beijinho, estou por aqui, estou sempre...

espero que estejas bem, por aí... onde estás....

SEM RESPOSTA

eu
sms:
Gosto de ti...mas não to direi mais nenhuma vez... que até eu já estou enjoada de mim, e de me ouvir sozinha!
beijo. Conta comigo.... :)


SEM RESPOSTA

eu
sms:
Mesmo que o mundo comece a andar ao contrário... mesmo que eu desapareça, como por artes mágicas ...mesmo que me transforme noutra coisa qualquer, que não eu... mesmo que esteja doente, ou não... mesmo que me prendam... mesmo que me internem... mesmo que eu me case com um aborígena... mesmo que eu mude de nome... mesmo que eu parta e não volte nunca mais ... mesmo que tudo!... não chores, por favor.
Mesmo que eu consiga chorar outra vez...
Sabes...
A minha "gavetinha", essa que guardas na tua cabeça, mesmo sem quereres, nunca te vai obedecer.
Vai abrir e fechar sem tu mandares ... como se tivesse vida propria, e sabes porquê? :)

Porque tu, mesmo sem quereres e sem o saberes fazer, porque nunca o teres aprendido, ainda me amas.
E o amor é mesmo eterno, e não tem qualquer explicação...não tem razão , abre e fecha quando lhe dá na gana :)
Mesmo que nunca mais te cruzes comigo por aí. ( não chores...)
Eu vou estar aí , mesmo ao teu lado, ou mesmo dentro de ti...
NESSA MINHA "GAVETINHA"

Se olhares agora até me podes ver...aí mesmo, a olhar para ti...
Se te calares e ouvires bem o silêncio...podes ouvir-me dizer que te amo.
Cala-te , e ouve!
Mas não chores, ouve só .
Não chores esta noite. :( por favor não chores...
E quando mais precisares de mim, basta pensares no que sempre fui ... :)
Esta é a última mensagem "enjoativa" que te mando.
Porque há coisas que não podem ser lidas, têm que ser ouvidas... :) e tu e eu, já nos vamos lendo há muito, muito tempo, HÁ DEMASIADO TEMPO
Sem nos ouvirmos...chorar....
Um beijo , estou por aqui, a gostar de mim.
porque SÓ ASSIM, conseguirei CONTINUAR A gostar TANTO de ti.

Um beijo meu amor, até um dia qualquer.
Não estou zangada, nem triste...:) e não choro, já não sei :(
Não chores tu , por favor, porque eu não consigo ver os teus olhos


SEM RESPOSTA



9 comentários:

O LOBO de....POTT disse...

Já estou farto de te dizer que não podes continuar assim...
Já te vais deitar?Bolas,passas a vida a dormir.
E não precisas de me dizer mais que gostas de mim..que chatice,estou farto de saber.
E essa treta de ouvir o silencio para mim não dá,tem paciencia.Já me calo.
Se continuares assim perco mesmo a paciência para te aturar
Queres uma resposta?
Se isto continua vou começar a chorar de nervoso.
Pronto,dá lá o beijo....
Boa noite

O LOBO

Francisco Vieira disse...

O pior que nos pode acontecer. O rebaixamento. O insistirmos num dialogo sem resposta, como se do lado de la nao estivesse ninguem. O desprezo e a unica arma que temo, por nao a suportar. Por me mostrar o pouco valor que tenho para quem esta do outro lado. sim, porque somos lidos. Nao te iludas...somos sempre lidos! O nao termos resposta e a prova mais que provada do pouco valor que nos dao. Eu ja mais ignorei alguem, mesmo que a resposta seja um insulto, respondo. Ignora alguem e mata-lo (a) de certa forma. Passei por isso uma vez e decidi que nao tornaria a acontecer. Um beijo


Ps: desculpa a falta de acentos

Teté disse...

Hummm... espero que esta história seja fruto da tua imaginação. Porque, não sendo, não me cheira que vá ter um final feliz!

Aos homens (e também a algumas mulheres) faz-lhes falta a sensação de caça, de luta, de conquista, de modo que esse "aqui me tens" não costuma resultar por aí além...

Beijinhos!

Luz disse...

Teresa,
Como estes pensamentos se cruzam!
Os sms de facto conseguem complicar, porque queremos dizer uma coisa e do outro lado intendem outra, eu mesmo assim não utilizo a linguagem típica do sms, escrevo normalmente, por isso, são enormes ;)
Como diz o Francisco Vieira, o desprezo, o ignorar é terrível, mas quantas vezes recebemos isso do outro lado e, depois se não respondemos no imediato quando é o contrário é o fim do mundo! Mas também há um momento de dizer basta! Rebaixar demasiado não, como se costuma dizer "só falta baixar as calças!" Alto e pára o baile, temos sentimentos!

Infelizmente é muito triste quando alguém tem essa postura (de nada dizer), neste caso falta dela para connosco, mas só revela o tipo de pessoa. Esperamos tanto de alguém, lutamos tanto por alguém e, não acontece o desejado, aquilo que seria o lógico e, se algo diferente acontece já somos nós quem mudou, que estamos diferentes, quando na verdade o outro é que talvez tenha feito pouco..., ou não o suficiente..., porém sofre porque ama-nos e vai continuar a amar, mas prefere ao longe...
As palavras da Teté também estão cobertas de razão, são os dias de hoje ou, talvez o de muitas cabeças que acabam por desperdiçar a sua vida!

Mais um bom exemplo do que assistimos e, não só :)

Bjo

continuando assim... disse...

Não chores Lobo!!!! tu por favos não chores... :)
ok ok não te digo mais nada

continuando assim... disse...

Francisco, no amor não existe rebaixamento... simplesmente não existe :)

um beijo , noutras coisas tens razão

continuando assim... disse...

beijinho Téte , é imcompreens´vel não è??

nem eu entendo....:)

Sonhadoremfulltime disse...

Boa noite Teresa,
Um texto de que gostei particularmente.
Na realidade vivemos um mundo de progressos tecnológicos, ma em que nos esquecemos do essencial. O ser humano.
Hoje, vimo-nos sem nos vermos, sentimo-nos sem nos termos e tentamos amar utilizando o progresso que se esquece de nós.
Este teu relato de SMS(s) para o silêncio é disso significativo.
Não sei se os SMS (s) obtiveram resultados positivos e compensatórios, mas deixa-o chorar, mesmo que não seja necessário.
É ainda um dos sentimentos humanos que não devemos reprimir. Por vezes mumifico o meu grito, para que ele se alargue no assombro da minha tristeza e se espalhe na atmosfera com a cadência de uma gaivota que se suicida contra uma rocha.
Por isso deixa-o chorar, para que o não desaprenda. E quando não choro por abstinência, sufoco e sinto os meus olhos fossilizarem-se, parecendo crateras abertas apenas à aridez dos meus dias.
Qunto ao que diz minha querida luz, será que a falta será apenas de um... ou ambos não querem baixar as calças?


Bjo

Lebasiana disse...

É a primeira vez que passo por aqui, por isso não me vou alongar no comentário, com receio de ter interpretado mal o que li, por ainda não ter lido mais mensagem nehuma tua! Só par teres noção, eu imagino-me num "monólogo" destes com um filho adolescente e não com um homem, como seria mais esperado! (talvez por ser professora e saber o que muitos pais passam para tentarem ser ouvidos pelos filhos)

O que te posso dizer com certezas é que as SMS são realmente castradoras, quando o seu conteúdo é algo tão grandioso como este: um amor eterno!

Bem... para primeiro comentário no teu blog, já me "estendi" demais! (repito... ainda só li esta mensagem! Mas vou voltar!)

Beijinhos e... não chores tu também! (há instintos que não se perdem e desaprender a chorar... hum... impossivel!)