domingo

es.que.cer



es.que.cer

1. (Transitivo)
1. Perder a lembrança de alguém ou de alguma coisa; olvidar; deslembrar:

2. (Intransitivo)

1. Sair da lembrança:

3. (Reflexo)
1. Não se lembrar:

( inreflexo e sem conseguir transitar...)



"As pessoas entram nas nossas vidas por acaso, mas não é por acaso que permanecem."


"O medo faz com que que se perca muitas coisas, até quem amamos."


"Tudo que é bom, dura o tempo necessário para que seja inesquecível."


"A tarefa mais difícil é aprender a esquecer quem aprendemos a gostar."

"A distância pode causar saudades, mas nunca o esquecimento."

"Sentada hoje aqui sozinha, comecei a pensar em ti, quando me dei conta que nunca te consegui esquecer."
Não me esqueças ....

e tantas vezes eu só queria não te lembrar, que saisses de qualquer lembrança.
e tantas vezes só te queria deslembrar ...

Olvidame tu ... que eu não posso!
Lembro-te
tu
sms:
sabes m eu vi hoje ? O senhor das bolas de berlim,da praia... com o seu capacete de penico... lembras te ?

4 comentários:

Maria, Simplesmente disse...

Teresa, se fosse possível esquecer eu só lembrava o que se passou desde ontem. Tudo o mais esquecia.
Bom fim de semana
Maria

ELAINE ERIG disse...

I WAS IN PALESTINA LAST WEECK .OHHH,MAY GOD,NICE SEE YOU AGAIN

Graça Pereira disse...

Esquecer!É possível esquecer, quando se amou tanto? Talvez também eu não quisesse... Beijos Graça

Teresa Queiroz disse...

a verdade é essa mesmo Graça , eu tenho pavor a esqueçer :)